Anucie sua empresa

Anucie sua empresa

quarta-feira, 27 de abril de 2011

A poesia chora...

MORRE O POETA PEDRO AMORIM

Pedro Viera Amorim ( Pedro Amorim )


Nasceu em 18 de setembro de 1921, no sítio Surubim, na divisa do município de Itapetim-PE com Desterro-PB, mas pegou na veia a poesia Itapetinense. Reside em Itapetim há mais de 40 anos, filho de Jeronimo Correia de Amorim e de D. Teresa Maria da Conceição. Não é poeta de profissão, sua principal atividade é a agricultura. É um homem inteligente, simples, simpático e de uma boa comunicação com sua gente. Casou-se com D. Aurina, com a qual teve 7 filhos: Berenice, Beatriz, Jerônimo, Tarcísio, Aristóbolo, Cristovão e Bartira.

Das cantorias e poemas realizadas por Pedro Amorim, destaca-se “Minha casa”, que é recitado por ele e por muitos outros cantadores, nos festivais e Vaquejadas da região.


“Fui a casa onde criei
Meus oito filhos queridos
Mas com tristeza encontrei
Já uns cantos destruídos,
Tem de lado um umbuzeiro
E de outro um cajueiro,
No esquecido abandono,
As folhas sujas caindo,
Sinais de quem está sentindo

A separação do Dono.
Um curral desmoronando,
Uma cachoeira estragada,
Um mourão velho deitado
E o resto de uma latada,
Em cujo ponto, antigamente,
briguei com touro valente,
Vaca Braba e barbatão,
Senti com rigoridade
A navalha da saudade
Retalhar meu coração…”
                                 ( Do Blog Clube do Repente)


E Felipe Júnior escreveu:

"Hoje o Pajeú perdeu
A última flor do jardim
O Sertão molhado em prantos
Vive a dor de Itapetim,
Como a mãe que ofusca o brilho
Por ter perdido o seu filho
O grande Pedro Amorim!"









domingo, 24 de abril de 2011

De volta...

Gente,

Depois de um tempo enlouquecendo com uma monografia do Curso de Mídias na Educação, com o título: " Orkut: rede social como instrumento de aprendizagem nas séries finais do Ensino Fundamental",  graças a Deus estou de volta para as páginas do meu blog querido!
Saudade grande! Até os comentários eu estava sem moderar! Não sei por que matuto inventa de escrever monografia...

Bom, então é isso! Quero começar divulgando o blog do poeta Kerle de Magalhães! é maravilhoso!
 Poesia pura... inspiração sertaneja!


Vejam!

Abraços poéticos!