Anucie sua empresa

Anucie sua empresa

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

23ª MISSA DO POETA JÁ TEM PROGRAMAÇÃO


 
A Associação dos Poetas e Prosadores de Tabira está nos últimos ajustes da programção da MIssa do Poeta. Com dificuldades, a APPTA tem conseguido apoio de pessoas que gostam da cultura popular do pajéu e têm contribuído significativamente para que o evento aconteça. 
13/09 (seg.) - Abertura com Grupo Dançando nas Alturas e Grupo de Xaxado Cabras de Lampião - 20h - Pça Gonaçalo Gomes;

14/09 (terça) - 8º Festival de Violeiros Amadores Poeta Zé Liberal - 20h - Praça Gonçalo Gomes;

15/09 (quarta) - 3º Encontro de Sanfoneiros de Tabira - 20h - Praça Gonçalo Gomes;

16/09 (quinta) - 3ª Noite de Autógrafos (Lançamentos de livros, cordéis, CDs, etc. e Recital de Poesia) - 19h - Escola Pedro Pires;

17/09 (sexta) - 14ª Mesa de Glosas do Pajeú, com participção da Orq. Sifônica Mirim de Carnaíba - 19h -Auditório da Es. Arnaldo;

18/09 (sáb.) - 23ª Missa do Poeta, com Irah Caldeira e Banda, Banda Vozes do Campo, BKL e Valter Júnior Marcolino

- Apresentação de Violeiros e declamadores

- Homenageados da Festa: Irah Caldeira (10 anos de Missa do Poeta) e João Furiba (85 anos de repente)



quinta-feira, 26 de agosto de 2010

MARIA DA PAZ DIVULGA CD NA GAZETA


A cantora Maria da Paz vai estar ao vivo no programa Todo Seu da TV Gazeta, com Ronnie Von na quinta-feira, 02 de setembro às 22h. Vai divulgar o show de lançamento da nova edição do CD Meu Lugar, no Café Paon em São Paulo, sábado às 22h.
A TV Gazeta pode ser facilmente sintonizada via parabólica.
TEM CAMPANHA EM TABIRA?


Exceto os fogos de artifício nos dias de quarta-feira, nem parece que Tabira está em clima de campanha eleitoral.

Será cedo ou está diferente dos tempos de outrora?

Fórum

TABIRA REALIZA FÓRUM  MUNICIPAL DO SELO UNICEF


O Conselho Municipal da Criança e do Adolescente em parceria com a Secretaria de Educação realizam, amanhã (27), o II Fórum Municipal do Selo UNICEF.
Com a participação de representações de entidades, colegiados e sociedade em geral, o Fórum tem o objetivo de fortalecer a mobilização de governos e da sociedade brasileira para que o País conquiste suas metas prioritárias para reduzir as desigualdades regionais, relacionadas à proteção e à garantia dos direitos da infância e adolescência, e alcance os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).
O encontro acontecerá no Polo de Educação a distância, a partir das 8 horas.

Programação

POLO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DE TABIRA DIVULGA PROGRAMAÇÃO DA JORNADA UNIVERSITÁRIA


terça-feira, 24 de agosto de 2010

Prêmio...

COMPANHIA DE DANÇA DE TUPARETAMA GANHA PRÊMIO NACIONAL




A Fundação Nacional de Artes divulgou a relação de projetos classificados para o Prêmio de Dança Klauss Vianna 2010. Quarenta projetos referentes à circulação nacional de espetáculos e a outras atividades de dança receberão prêmios de até R$ 100 mil.

A Associação dos Integrantes da Companhia de Danças Populares de Tuparetama é o único grupo pernambucano entre os selecionados, com Olha a Pisada! Caravana "Dançando nas Alturas" em comunidades rurais do nordeste.

O Prêmio Klauss Vianna é uma ação fundamental de incentivo à produção artística, à circulação de espetáculos e à formação de público para a dança no Brasil. Seu nome é uma homenagem ao bailarino, coreógrafo, ator, diretor, professor e crítico de teatro e de dança Klauss Vianna (Belo Horizonte, MG, 1928-1992), que criou um método precursor de preparação corporal para artistas cênicos.



Joao Paraibano

PAJEÚ

Pajeú, teu cenário me encanta
Desde a voz do vaqueiro aboiador,
Ao Verão que desbota a cor da planta,
E a abelha que bebe o mel da flor.


O refúgio da caça que se espanta
No chiado dos pés do caçador,
A romântica canção que o rio canta
Na passagem de um ano chovedor.

Quando a chuva da nuvem inunda as grotas
O volume da água banha Brotas,
e onde a curva do rio faz um U...

Nasce um pé de esperança no teu povo;
Tudo indica que Cristo quando novo
Aprendeu a caminhar no Pajeú.
                       (João Paraibano)

De Leitores...

Onde anda você?

E por falar em saudade, onde anda você?
Onde andam seus olhos que a gente não vê?
Onde anda esse corpo,
Que me deixou louco de tanto prazer?

E por falar em beleza, onde anda a canção
Que se ouvia na noite dos bares de então?
Onde a gente ficava,onde a gente se amava
Em total solidão!



Hoje eu saio da noite vazia
Numa boemia, sem razão de ser...
Na rotina dos bares,que apesar dos pesares
Me trazem você!



E por falar em paixão, em razão de viver
Você bem que podia me aparecer...
Nesses mesmos lugares, na noite, nos bares...
Onde anda você?
( Vinicius de Moraes)


Acesse o Blog...

VEREDAS


Que autenticidade! Quanta poesia!
A autora: Marluce Freire!

Acesse:



Dedé Monteiro


DEDÉ MONTEIRO PUBLICA NOVO LIVRO


A poesia sertaneja ganha mais um filho registrado. Trata-se do livro do grande poeta Dedé Monteiro: " Meu Quarto Baú de Rimas".  O livro já está editado e pronto para impressão na gráfica.
As poesias estão lá, bem escritas. Diria, até, que é a pura representação da alma inspirada de um poeta. Sempre inspirada! Maravilhosamente inspirada! É assim que se caracteriza cada verso, cada rima composta por Dedé.
Bom! O que falta agora é um patrocínio, um apoio cultural para que " Meu Quarto Baú de Rimas" seja impresso e venha ser lido por muitos que seguem e admiram a poesia pajeuzeira e autêntica. A poesia de Dedé Monteiro!

sábado, 21 de agosto de 2010

BLOG TABIRA HOJE ESTÁ EM MANUTENÇÃO


Segundo o blogueiro Flávio Marques, o Blog Tabira Hoje está sem atualizações, porque o provedor está em manutenção. O preocupante é que desde quarta(18), o blog não é atualizado, já que Flávio não consegue postar notícias.
Assim que normalizar, o Blog estará atualizado novamente.

JUMENTOS PASTAM NO HOSPITAL DE TABIRA

Em Tabira, um Internauta Repórter flagrou a tranquilidade de um jumento pastando em plena área interna do Hospital Municipal da cidade. Ao lado um acesso para ambulâncias. Basta uma meia volta do animal e um paciente pode agravar ainda mais o quadro com a perspectiva de um acidente justamente onde deveria ser tratado.
    Do Site: Nill Júnior

Poeta Ismael Gaião - Recife - PE

ATRÁS DO AMOR

 
Se Deus não quis nos ter no mesmo teto,
Algo melhor pra nós nos reservou.
Como estás e também como eu estou,
Talvez que seja o destino correto.


Se foi a vida que nos separou
E se não tenho mais o teu afeto,
Mesmo que eu queira ser teu predileto,
Se não consigo é só porque não sou.


Então eu sigo, busco outro destino,
Pra esquecer meu sonho de menino,
Cicatrizando a dor e a ferida.

 
Procurarei quem me faça feliz,
Já que contigo o destino não quis,
Eu vou atrás do amor da minha vida.
                                        (Ismael Gaião)


NO VISGO DO IMPROVISO
A PELEJA É VIRTUAL


Não precisa uma bandeja
Ou público batendo palma.
Basta esmiuçar a alma
E começar a peleja.
Digitar pra que se veja
Rima e verso cultural.
E como num festival,
Publicar com um sorriso:
No visgo do improviso
A peleja é virtual!
                      (Veronica Sobral)

ATRAÇÕES DO PROGRAMA MATUTANDO NA RÁDIO PAJEÚ


O Matutando vai de forró e MPB neste sábado (21/08). Essa edição vai homenagear o álbum “O melhor de Nara Leão” com músicas como O Barquinho, A Banda e um dos clássicos da música nordestina, Carcará, na sua voz doce e suave.
Ainda um bate papo com o forrozeiro Petrúcio Amorim, que vai falar da sua vida pessoal, carreira e sucessos. O grupo Vozes do Campo é um dos entrevistados e dá um show de forró.
 O programa vai ar a partir das 12h50, devido a Propaganda Gratuita Eleitoral .
 
O Matutando vai ar todos os sábados e é apresentado pelo jornalista Daniel Ferreira. Para ouvir basta acessar o http://www.superpajeu.com.br/  
POETA GENILDO SANTANA LANÇA LIVRO NA TERRA ONDE NASCEU





A Cachoeira Grande, hoje(21) recebe o seu filho Genildo Santana que lançará mais um livro: " "Uns sonetos e outros versos" . O livro que foi publicado o ano passado, tem sido lido por poetas e amantes do verso e da rima.

Então, a partir das 19 horas, no Bar de Idalécio, na Cachoeira Grande, o Lançamento do livro será abrilhantado pela Companhia de Teatro Siúnia Nunes, Companhia de Teatro Cabreiros do Sertão, poetas da APPTA, Diomedes Mariano, Alexandre Morais e outros poetas que farão a festa, resistindo e fortalecendo a cultura popular.

Muito bom!

Acessem o BESTA FUBANA!


sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Poeta Maviael Melo

Se não fosse a viola o que seria
Uma noite de lua encantada
A cabocla sorrindo na calçada
Encantada com o vate e a poesia?
Em o repente como ele brotaria
Um galope, um martelo ou um baião?
A saudade do peito em um refrão
E os vates poetas cantadores,
Testemunhas dos sonhos e das dores
Dos lamentos do povo do sertão.

Poeta Ismael Gaião - Recife - PE


Nessa casa abandonada
Eu tive dias felizes,
Lá estão minhas raízes
Rachando aquela calçada.
Hoje a vejo desbotada
Embaçando meu passado,
Mas um tijolo quebrado
Me mostra o passado inteiro
"CHOREI PISANDO O TERREIRO
DO CASARÃO DESPREZADO".
                         (Ismael Gaião)

Nossas produções

Aos apaixonados sofredores, o desabafo:

A saudade me faz te recordar,
Mas a minha vontade é esquecer
(mote de Cícero Moraes)



Desde o dia em que tudo se acabou
Que só sinto uma dor no coração
E por mais que eu deseje dizer “não”,
Só um “sim” alivia minha dor!
O meu corpo me pede teu calor,
Minha mente me pede pra te ver.
E, com dúvida, não sei o que fazer,
Pra, de ti, nunca mais eu me lembrar!
A saudade me faz te recordar,
Mas a minha vontade é esquecer.



 E teus beijos tão quentes, onde estão?
E o brilho do olhar juntinho ao meu?
Onde está tanto amor que prometeu
E que sempre acalmou meu coração?
Eu já sei: tudo isso era ilusão,
Que criei no castelo do meu ser
E agora me ponho a padecer
Pra um dia deixar de te amar.
A saudade me faz te recordar,
Mas a minha vontade é esquecer.




Quantas noites de sono já passei
A lembrar minha vida junto a tua.
Quantas vezes, andando pela rua,
Os momentos que tive, recordei!
Quantas dores na alma (só eu sei!)
Que sofri tão calada, sem dizer!
Quantos dias de fome, sem comer
Eu passei, esperando me chamar.
A saudade me faz te recordar,
Mas a minha vontade é esquecer.




Mas o tempo da dor se decompôs
Vi que amor e paixão também têm fim.
E, sem dúvida, será melhor assim,
Antes hoje do que sofrer depois.
Na verdade, o que houve entre nós dois
Servirá de uma prova que querer
Nunca foi o sinônimo de poder
Pra o amor sempre se concretizar.
 A saudade me faz te recordar,
Mas a minha vontade é esquecer
                       ( Veronica Sobral)


Verdades....

Desejo de alguns...

Abandono...

Não quero mais o seu amor fulguras
o sentimento de amor fingindo.
Repara como estou ferido,
Por teu amor de voraz ternura.




És como uma cobra ao sentir bravura
Das criaturas que já tens mordido.
Em teu espírito há um mal contido,
Pra o teu veneno não existe cura.



Vai pra longe com os teus encantos!
Enxuga n'outro teus malditos prantos.
Não me atormenta com teus falsos ais...



Esquece os tempos que jamais revivem...
Deixa eu viver como as aves vivem!
Por minha vida não me pergunte mais!
(Cancão)



Fonte: Blog Faíscas de Poesia


Blog...

A poetisa Nanny Brito lançou o Blog Faíscas de poesia.

Vejam que maravilha:

http://faiscadepoesia.blogspot.com/ 

Versos nossos...

O carão não canta mais
Ninguém vê sinal no céu
A abelha deixa o mel
Sem matéria que o faz.
Sertanejo sem ter paz,
Pede ajuda ao Criador,
Mas aumenta sua dor
Quando vê, com emoção,
Caçote lambendo o chão
Da cacimba que secou!




Um jumento estrupiado
Que mal pode com a carroça,
Trilha o caminho da roça
Como se tivesse amarrado.
Carrega um tambor pesado,
Com água pra seu senhor
Pois o lago esturricou...
E o que se vê no sertão:
Caçote lambendo o chão
Da cacimba que secou.




O boi sente no roçado
Falta de terra molhada.
Cheira o chão, não acha nada
Pra fazer seu mastigado.
Com um andar fadigado,
Caminha sentindo dor
E vê, sentindo calor,
Na beira do cacimbão
Caçote lambendo o chão
Da cacimba que secou!
       (Veronica Sobral)


quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Dulce Lima


Um Sapoti no Sertão...


Na concha da minha mão,
Uma fruta, o sapoti...
Quantos anos esperei?
Quantos verões castigaram
 Ressecando o nosso chão?
Mas não boto a culpa em ti,
Teu berço é longe daqui...
Perdoa se te fiz mal;
Pois tu és tão suculento,
Tão doce, tão perfumado,
Que eu te trouxe pro sertão
Sem medir as conseqüências.


Um dia, junto a teu tronco,
Já cansada de esperar,
Numa prece agradeci
Pelas folhas, que beleza!
Mesmo sem frutificar.
Porem foi naquele instante,
Que eu olhei atentamente...
Chorei, sim, pela surpresa
Quando vi um sapoti
Lindo, pendendo de um galho,
Como um presente de Deus
Pelas mãos da Natureza!
( Dulce Lima)


terça-feira, 17 de agosto de 2010

Geraldo Amâncio

Um ouvinte me pega de surpresa,
num bilhete mandou o seu recado,
que o poeta é um advogado
defendendo os lamentos da pobreza,
ele canta o poder da natureza
o inverno, a chuva e o torreão,
terra seca, o roçado e o verão,
pensa, toca, se inspira, canta e cria.
Se não fosse a viola o que seria
dos lamentos do povo do sertão.
                                                                          ( Geraldo Amâncio)
ESTADO COMEMORA O CENTENÁRIO DE MORTE DE JOAQUIM NABUCO


Estaremos participando, a convite da Gerência Regional de Educação, nos dias 19 e 20 de Agosto do Seminário: "Joaquim Nabuco e a Nossa formação", organizado pela Fundação Joaquim Nabuco. O encontro acontecerá no auditório da FUNDAJ em Recife, com a participação de Historiadores da USP, Cristovao Buarque, Marco Maciel e muitos que discutirão a importância de Joaquim Nabuco em lutas sociais.


O Senado Federal, numa decisão que orgulha Pernambuco e que deveria, desde já, mobilizar as instituições brasileiras e pernambucanas, aprovou o Projeto de Lei Nº 561, de 2007, instituindo o Ano Nacional Joaquim Nabuco, para rememorar, com celebrações por todo o país, o centenário da morte do Abolicionista, em 2010.
A patriótica iniciativa coube a um nabuquiano ilustre, o acadêmico e Senador Marco Antônio Maciel, que sintetizou o objetivo da sua proposição com estas palavras: "O ano de 2010 é assim excelente tempo de refletirmos a perenidade da sua obra e seu legado libertário e liberal, sempre vivo na História Brasileira."

Joaquim Nabuco - Estadista, historiador, diplomata e sedutor. E, acima de tudo, o homem que encabeçou a mais justa de todas as causas: a batalha da opinião pública que terminou por convencer a sociedade brasileira a se mobilizar para acabar com a escravidão.
Há 100 anos de sua morte, ainda há desigualdade social, escravidão( mesmo que oculta) e preconceito racial.



Assim que voltarmos, publicaremos informações sobre este momento que relembra, de forma significativa, a história de um povo.


Será assim?

Um Blog...

PAULO MOURA APRESENTA BLOG DE CORDEL


Vejam que Blog maravilhoso!
"Educando em Cordel" é um blog editado pelo poeta Paulo Moura.

Acessem:
http://educandoemcordel.blogspot.com/

Correspondência Recebida - Zelito Nunes


Amiga Veronica,



Se possível divulgue o nosso SERTÃO DE BEIRADEIRO , entre os seus muitos seguidores.


Em setembro pretendemos estar por aí.


Abraço do beiradeiro,


Zelito



Registro de Lançamento no Recife


O livro realmente é muito bom!
Zelito escreve bem e retrata o nosso Sertão de forma singular! É uma indicação pra quem gosta da cultura nossa!
Bom mesmo que o poeta esteja conosco na Missa do Poeta. Será muito bem recebido por cada poeta pajeuzeiro.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

E é verdade...


João Paraibano...

No vagão da saudade eu tenho ido
Ver a casa que antes nasci nela.
Uma lata de flores na janela,
A parede de taipa, o chão varrido.
Milho mole esperando ser moido,
Numa máquina do veio enferrujado,
Que apesar da preguiça e do enfado,
Mãe botava de pouco e eu moía...
Vou no trem da saudade todo dia,
Visitar o lugar que fui criado.
       (João Paraibano)

 SE ELES VOTAREM...


A eleição de governador em Tabira é municipalizada. O voto de muitos eleitores está atrelado à questão local. A definição depende do apoio de Dinca ou Josete.
 Quem acompanha  Josete, mesmo não tolerando Jarbas, vota. A justificativa se dá que votar em Eduardo é votar indiretamente em Dinca.
E assim continua a história: o voto depende do apoio local.

domingo, 15 de agosto de 2010

Missa do Poeta

APPTA ORGANIZA PROGRAMAÇÃO DA MISSA DO POETA


Como em todos os anos, a Associação dos Poetas e Prosadores de Tabira - APPTA, já está se preparando para fechar a programação da Missa do Poeta.
 Diversas atrações ilustrarão a maior confraternização de música e poesia do Sertão Pernambucano.
A Festa que acontecerá de 13 a 18 de Setembro, com Festival de violeiros, festival de sanfoneiros, grupos de danças de Tuparetama, Xaxado de Serra Talhada, Recital poético e lançamento de Livros, Mesa de Glosas e a Missa do Poeta  na Praça Gonçalo Gomes.
Irah Caldeira e João Furiba serão os homenageados deste ano. Irah, pelos 10 anos de participação no evento e João Furiba pela contribuição no repente do Sertão.
Em breve, publicaremos a programação da festa!
FESTA DA PADROEIRA DE TABIRA TERMINA HOJE


A 84ª Festa da Padroeira de Tabira encerra-se hoje com a procissão pelas ruas das cidade, a partir das 17 horas. A Festa que acontece com o novenário a Nossa Senhora, teve início dia 06 de Agosto. Todas as noites acontecia Missa na matriz organizada pelo Pároco Pe. Aldo Guedes e os padrinhos da festa. As festividades de rua foram organizadas pela Prefeitura de Tabira.
Com grandes elogios, a Festa religiosa se encerra hoje, 15, sendo marcada pela organização e preocupação com os paroquianos.

Porém, a grande crítica está centrada na festa realizada no portal. A Prefeitura de Tabira trouxe somente "Os Nonatos" como atração de peso e porque já estavam contratados desde de maio. O público nos 9 dias de festa, não foi satisfatório. A Programação do evento   foi distribuída ontem( último dia de festa). 
Para os próximos anos, fica a esperança de que a Prefeitura trace uma coerência com a festa religiosa, tão bem organizada, e ofereça atrações que encantem o público tabirense.
POETA GENILDO SANTANA LANÇA LIVRO NO RECIFE




O livro "Uns sonetos e outros versos" do poeta Genildo Santana será lançado no Recife dia 11 de Setembro, no Mercado da MAdalena - Box Sertanejo, a partir das 12 horas.
Todos os poetas estão convidados!

No próximo sábado, 21, o lançamento acontecerá no Sítio Cachoeira de Cima, a partir das 19h 30.

O livro que traz sonetos e estrofes comentadas de casos acontecidos e registrados pelo poeta é, sem dúvida, a representação da poesia sertaneja expressa pela alma inspirada.



terça-feira, 10 de agosto de 2010

De volta...

Olá, gente!

Confesso que não foi abandono... Apesar de está sentindo saudades das páginas do blog...das letrinhas... de postar notícias, poesias... estava numa semana muito atropelada e não fiz atualizações no blog que já faz parte de minha vida... Ai de mim se não o mais tivesse... Como escreveria?
Então, caro leitor, estou de volta às páginas... Vamos seguindo...postando...lendo...

Um abraço poético e cheio de saudades!