Anucie sua empresa

Anucie sua empresa

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Carlos Celso Saudade

Homenagem a Carlos Celso Cordeiro




Grande amigo Carlos Celso Cordeiro. Faleceu em 24 de janeiro de 2016


Carlos Celso – Saudade...

Por que será que a morte faz uso da tirania
E leva pra moradia somente quem faz o bem?
E por que não deixa em paz a vida santa de quem
Na vida, serve, reparte; faz do gol, a poesia,
Transmite felicidade e é sinônimo de alegria?
Por que é que a morte não deixa aproveitar, viver mais
Quem semeia amor e bem e quem, no mundo, é capaz
De transformar as pessoas, de transmitir lealdade;
Quem só cultiva o carinho, quem sente que a amizade
É o caminho que leva para o universo da paz?


Por que a morte escolheu nosso Carlos pra levar
E ,em menos de um mês, deixou conosco a dor da saudade?
Mas será que a explicação seria a necessidade?
Será que a morte queria alguns livros publicar?
Mas se fosse responder, eu sei que o nosso Cacá,
Chamaria Jessier, na sua mente lembrada,
Contaria os causos seus e, em meio a tanta risada,
Diria sem embromar, que a morte era, de fato,
Como disse Jessier, “um doido limpando mato”,
A “morrença de um ‘cumpade’”, bastante injustificada.



Isso a morte não explica, mas podemos, certamente,
Buscar uma explicação, que nos dê mais alegria:
Carlos era tão perfeito, que parece que sabia
Que ninguém suportaria, viver sem ele presente...
Por isso foi se tornando, entre nós, tão influente;
Um ser humano imortal, porém, com muita humildade,
Se tornou a referência do saber e da irmandade,
E, mesmo sem a presença, nós o sentimos com vida;
Por isso, neste momento, ao invés de despedida...
Sentimos brotar, em nós, um Carlos Celso - Saudade!
                                                                      Veronica Sobral
                                                                               27. 01.2016



Nenhum comentário: