Anucie sua empresa

Anucie sua empresa

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Rascunhos do Sertão...

No meio do mato, nasci, fui criada
Por entre garranchos, cheirei marmeleiro,
Correndo descalça, brinquei no terreiro
Na sombra gostosa da velha latada.
Mas hoje me sinto toda encabulada
No meio de vates que sei respeitar;
Ouvindo essas ondas no seu balançar
Rimando, criando, enfeitando o verso,
Unindo dois mundos no mesmo universo
Trazendo o Sertão pra beira do mar!

Um comentário:

irmascordeiro disse...

Lindo verso, Veronica.
O evento do Reife foi ótimo. Você, Belinha, Mariana e Monique mostraram o talento da poesia feminina do Pajeú.
Sigam em frente.
Beijos
Mônica Cordeiro