Anucie sua empresa

Anucie sua empresa

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Rascunhos de um soneto!

Sonho desfeito


Por que nosso sonho, outrora perfeito,
Durou quase nada, nem concretizou-se?
Sinceramente, imaginei que fosse
Mais resistente para ser desfeito.


Quero que saiba que você tornou-se
Uma saudade dentro do meu peito.
O seu silêncio me dói, mas respeito,
Mesmo sangrando, meu ser já calou-se!


Não lhe pertubo, não digo mais nada,
Mesmo ferida,  co'a alma abalada
Ainda acredito diferentemente:


O tempo - eu sei! - dirá a verdade
E fará com que toda essa saudade
Seja desfeita nos braços da gente!
                                            ( Veronica Sobral)












Nenhum comentário: