Anucie sua empresa

Anucie sua empresa

sábado, 19 de março de 2011

Conversa entre poetas...

Adeval Soares escreveu o soneto:

Aos poetas

 
Quem é poeta e tem a liberdade
Escreve os versos que a mente cria
E vive às regras da simplicidade
Buscando os raios da sabedoria.

Corre na busca da felicidade
Debulha a mágica que há na poesia,
Mostra talento e tem na humildade
Os instrumentos da sua alegria.

Descreve a paz na paz do seu sorriso,
Caminha firme com olhar conciso
Mantendo sempre seu jeito comum.

Transforma a vida pelos versos seus
Recebe as luzes do amor de Deus
E as distribui, sem problema algum.
                        ( Adeval Soares)

E Andreia Miron respondeu:

Ao poeta

Belo soneto, poeta, Adeval!
Simplicidade, tu já tens de sobra...
E esta maneira nova e virtual
Eterniza e divulga tua obra.


Sabedoria que te é natural
Não requer esforço ou qualquer manobra;
Flui de maneira tão especial
Que o dom poético cada dia dobra.

E a Poesia tão Divina e Santa
Envolve teu ser com uma força tanta,
Até capaz de fazer-te um profeta...


Usa as palavras pra iluminar
E a poesia para alimentar
A alma livre, perfeito poeta!
                            ( Andreia Miron)

3 comentários:

Rafael Costa disse...

OI Veronica,
aqui é Rafa, sobrinho de Dedé.
Visita meu site:
www.brindesgratis.com
são mais de 3.000 mil produtos para você se cadastrar e receber gratuitamente na sua casa via correio!
Beijos e até mais

Anônimo disse...

Olá menina Verônca!
Como é bom ver que a poesia
Cada vez mais cai na alma
Da nossa gente que cria.
Nesse panorama lindo
O bom é que estão surgindo
Vates novos todo dia.

Dedé

Anônimo disse...

Olá, garota Veronica!
Eu nunca imaginaria
Que essa nossa "conversa"
Pudesse servir um dia
Para esta sua postagem
No blog de poesia!

Achei lindo o título "conversa entre poetas"...

Abraço!

Andreia Miron