Anucie sua empresa

Anucie sua empresa

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

João Paraibano...

No vagão da saudade eu tenho ido
Ver a casa que antes nasci nela.
Uma lata de flores na janela,
A parede de taipa, o chão varrido.
Milho mole esperando ser moido,
Numa máquina do veio enferrujado,
Que apesar da preguiça e do enfado,
Mãe botava de pouco e eu moía...
Vou no trem da saudade todo dia,
Visitar o lugar que fui criado.
       (João Paraibano)

Nenhum comentário: