Anucie sua empresa

Anucie sua empresa

sábado, 20 de março de 2010


PROFESSORES DA REDE ESTADUAL FAZEM PARALIZAÇÃO QUARTA-FEIRA

Depois da reunião com prepresentantes do governo, os professores da rede estadual de ensino de Pernambuco decidiram, em assembleia na manhã desta sexta-feira (19), parar por 24 horas na próxima quarta-feira (24). Com a paralisação, cerca de 940 mil estudantes devem ficar sem aula. A assembleia foi realizada na quadra do Instituto de Educação de Pernambuco (IEP), no Recife.
De acordo com a categoria, o governo apresentou uma proposta na qual o salário base de um professor ficaria em torno de R$ 640,68, e, a partir de junho, esse valor subiria para R$ 712,50 mais 20% de gratificações do magistério. Mesmo assim, de acordo com Heleno,presidente do SINTEPE, a remuneração ainda está muito longe dos R$ 1312, 40.




Um comentário:

Ricardo Vinicius disse...

Essas paralisações de um ou dois dias não servem de nada. A categoria dos professores deveria se concentrar no estudo de ações que façam sentido, que façam diferença, que causem de alguma forma o sentimento, nos governantes, de que um prejuízo enorme acontecerá. Assim como a categoria dos bancários que param, fazem greve, e essa greve é sentida com diversas percas financeiras por partes dos clientes, não realização de transferências bancárias,etc. Quando os governantes perceberem que o sistema educacional é extremamente dependentes dos professores aí sim qualquer tipo de greve ou paralisação fará sentido e alcançará o resultado esperado. Agora paralisações de um ou dois dias ou uma parte dos professores para e a outra continua a trabalhar só trará prejuízos aos próprios professores que terão seus salários reduzidos por conta da parada.